Português – Portuguese

o Projeto
ClimateTalks.Org é um estudo de clima orientado processo da experiência clima percebido de pessoas ao redor do mundo. O objectivo é triplo:

1 . Para aumentar a consciência clima localmente através de conversa e interação com as pessoas em um nível básico . Todas as pessoas envolvidas são escolhidos aleatoriamente . Depois de um diálogo aberto sobre a sua experiência e compreensão do clima, um globo do mundo é inflado como um ritual terminando a conversa. Isto é para tornar a experiência memorável, e estimular a conversa constante com amigos e familiares mais tarde.

2 . Para documentar as histórias e uni-los em uma maior história da humanidade. As entrevistas são baseadas nas principales do norueguês professor Steiner Kvale sobre métodos de pesquisa qualitativa , com simples, claro e curto perguntas abertas . ( Veja a lista no final da página ) . Este website é a primeira parada na ” estrada ” de documentar as histórias e as pessoas por trás deles. O site não inclui todas as histórias , mas é focado no processo do projeto. As histórias são “salvo” por um livro mais tarde, e outros planos estão na calha . Até então, apreciar as imagens das pessoas mais bonitas de todo o mundo : o)

3. Para unificar as pessoas de todo o mundo em uma compreensão dos desafios que a humanidade enfrenta . Isto é feito através de exposições e apresentações , onde as histórias documentadas , juntamente com filmes e fotos são retransmitidas . Todos os anos, o projeto vai para a Conferência do Clima da ONU ( COP) e faz uma exposição. Não como parte da Conferência oficial, mas em uma área pública , como uma praça ou rua. As exposições são para as pessoas , do povo e essencialmente pelo povo : o) Então, se o COP ONU é Top -down , esse projeto é de baixo para cima .

Sobre mim:

IMG_3032

Meu nome é Jens Louis Valeur Jaques . Eu sou um artista com um Bacharel em Performance Design & Negócios da Universidade de Roskilde e Mestrado em Liderança criativa , Inovação e Empreendedorismo da Universidade de Copenhagen, a TI – Universidade e da Escola de Design da Dinamarca. Mais tarde eu complementado com cursos de aperfeiçoamento focados em estudos do clima no Departamento de Antropologia, do Departamento de Sociologia e do Departamento de Ciência Política da Universidade de Copenhagen .

Como um artista, eu tenho trabalhado amplamente no campo criativo. Do teatro e dança , instalações de pequeno e grande porte de arte , filmes e vídeos de música na frente e atrás da câmera, a fotografia ea pintura … A expressão criativa é o que importa para mim. O meio é irrelevante.

motivação :

Meu pai , Ronny Jaques , era um fotógrafo sempre viajando pelo mundo , e ele plantou uma semente em mim para fazer o mesmo. Sua morte despertou meu início como um viajante do mundo . No entanto, eu precisava de propósito para a minha viagem, e por isso comecei o meu projeto climáticas.

Com todo o material científico top-down no mundo acadêmico e na arena política (com o seu raciocínio dedutivo , por vezes latente ), eu queria fazer uma abordagem indutiva de baixo para cima , concentrando-se sobre o ” chão ” onde as pessoas normais vivem e trabalham . E eu queria ser apenas um ser humano falando a um outro ser humano , mantendo a conversa simples e direta . Gostaria de fazer perguntas abertas e dizer tão pouco quanto possível, deixá-los fazer a falar e vem mantendo a conversa como verdadeiro e honesto possível. E assim foi , o)

Os Proces :

O projeto começou solta na forma, com um foco em apenas conversando com as pessoas sobre as questões climáticas e os desafios locais, mas sempre com o ritual ” artística” fim de inflar o mundo e tendo a sua imagem . No entanto , logo percebi que as pessoas que me contando histórias que eu não tinha ouvido antes, e eu comecei a documentar com mais detalhes e garantindo que alguns determinada pergunta , onde pediu a cada vez, para ter certeza que eu tenho toda a história e fazer as histórias semelhantes.

Cinco anos depois, cerca de 500 + conversas tiveram lugar em 90 países + . Toda conversa é um pequeno pedaço de um quebra-cabeça. Um quebra-cabeça onde você não sabe o que a imagem completa se parece. Eu lentamente começou a colocar o quebra-cabeça e é fascinante e interessante para encontrar correlação entre conversas que são mundos separados e achar que certas palavras são usadas em quase todas as conversas .

O objetivo :

Eu não gosto de bloqueio em em um determinado resultado , mas sim deixar o processo e , neste caso, as histórias mostram o caminho . Eu já estou fazendo exposições sob o nome WorldUnite.Me , com as fotos a cada ano em torno das reuniões da COP ONU.

Desde 2008 , milhões de pessoas já viram as exposições em todo o mundo. As fotos abaixo são da COP15 da ONU em Copenhague em City Hall Square, onde as imagens foram projetadas em um grande globo de 100 metros interativa, e em exposição durante a noite durante a longa Conferência do Clima das Nações Unidas de 10 dias.

ClimateTalks.Org ONU COP 15 ClimateTalks.Org ONU Cop15

 

No futuro eu poderia fazer um livro , uma interação Tablet formato, documentário , apresentações …. O tempo dirá : o) Por enquanto eu ainda estou focado nas conversas : o)

(No entanto , estou profundamente inspirado em ” The Story of Stuff ” , e sua maneira de contar uma história. Se você ainda não viu , deveria. Você pode encontrá-lo clicando logo acima ou indo para a seção de links. )

 

———————————

Steiner Kvale :

Guia de entrevista: 10 critérios de Kvåle de um bom entrevistador (fonte: Steinar InterViews Kvåle : uma introdução aos métodos de Pesquisa Qualitativa , 1996) :

 experiente e familiarizado com o tema da entrevista
 Limpar – as perguntas são simples, fácil e de curto
 Structured – dar explicação da estrutura e propósito da entrevista
 gentil deixar as pessoas terminar o que eles dizem
 Sensitive – ouvir o entrevistado
 Abra -resposta para o que é importante para o entrevistado
 Direcção – deve saber o que ele precisa para descobrir , use perguntas e solicitações
 Critical preparado para desafiar o que é dito pelo entrevistado
 lembra – o que já foi dito anteriormente e remetem para o que foi dito , não fazer perguntas já discutidos pelo entrevistado
 Interpreta – resumindo o que foi dito
Dois critérios adicionais:
 para Equilibrado , não falar muito para não falar muito pouco
 eticamente sensíveis , garante o entrevistado sabe o que a pesquisa é sobre e como os dados serão tratados
Faça uma pequena introdução do propósito da pesquisa e perguntar sobre questões de confidencialidade . É o entrevistado é bom para partilhar a sua / seu nome .

It's only fair to share...Share on FacebookShare on VKEmail this to someonePrint this pageTweet about this on TwitterShare on StumbleUponShare on TumblrShare on RedditPin on PinterestShare on LinkedIn